Doenças crônicas: saiba o que são e quais as mais comuns

doutor passando gel para ultrassom em mulher grávida
Gel para ultrassom: saiba o que é esse exame e quais os cuidados relacionados
28 de outubro de 2021
clínicas de exames de imagem: pessoas conversando em consultório
Clínicas de exames de imagem: por que seguradoras e convênios podem investir em parcerias
11 de novembro de 2021

Doenças crônicas: saiba o que são e quais as mais comuns

Doenças crônicas: Médica mostrando exame para paciente

Existem diferentes tipos de patologias e maneiras de como elas afetam o organismo. Uma das variações mais conhecidas são as doenças crônicas. Tendo características bastante individuais, elas se manifestam de forma única no corpo humano.

Podendo afetar pessoas de diferentes idades, é essencial conhecer o que são elas e quais as principais, a fim de manter a saúde em dia e ter um tratamento adequado para cada uma. Para entender mais sobre esse assunto, continue a leitura deste artigo!

O que são doenças crônicas?

As doenças crônicas são todas aquelas que podem perdurar por um longo período e necessitar de tratamento contínuo. Essas patologias podem surgir derivadas de diferentes causas, como:

  • predisposição genética;
  • má alimentação;
  • sedentarismo;
  • tabagismo;
  • entre outros.

Além disso, essas doenças são caracterizadas por não oferecer riscos em um curto espaço de tempo, ou seja, não se tratam de emergências médicas. O tratamento não possui um tempo determinado para ser finalizado, podendo ser necessário períodos mais longos ou não.

As 5 principais doenças crônicas

Como dito anteriormente, essas doenças não possuem uma única razão para acontecerem e nem um padrão de evolução ou tratamento. Pensando nisso, trazemos as principais doenças, seus sintomas e possíveis tratamentos. Confira a seguir!

Hipertensão

Sendo uma das mais comuns, a hipertensão é ocasionada pelo aumento da pressão arterial, ou seja, nas veias. Uma das principais preocupações, é que se trata de uma doença silenciosa e com sintomas que podem ser confundidos com outras doenças. 

Por esse motivo, é importantíssimo estar atento aos sintomas que podem surgir ao longo do tempo, como:

  • visão turva;
  • palpitações;
  • falta de ar;
  • zumbido no ouvido.

Esses citados são os mais característicos e fáceis de identificar. Os órgãos que mais têm chances de ser afetados são: coração, rins e cérebro. Para evitar a evolução e as consequências envolvidas, é necessário diminuir o consumo de sal, investir em uma boa alimentação e praticar exercícios físicos.

Além disso, buscar um profissional em casos de histórico familiar também pode ser vantajoso para o tratamento.

Colesterol

Atingindo pessoas de diferentes idades e bastante derivado da má alimentação, o colesterol pode ser bastante prejudicial a longo prazo e, além disso, interfere na qualidade de vida e em atividades básicas do paciente. O colesterol, que pode ser bom ou ruim, é uma gordura presente nas células do corpo humano.

A principal forma de manter o colesterol dentro do que é adequado para o organismo, é ter uma dieta baseada em alimentos naturais e ricos em nutrientes variados. Isso porque, o corpo humano é responsável pela produção de 70% do colesterol, o restante vem das dietas, o que pode ser prejudicial ou benéfico. 

Algumas opções para driblar o aumento do colesterol, são:

  • consumir mais frutas e vegetais;
  • diminuir o consumo de frituras;
  • evitar a ingestão de gorduras saturadas.

Diabetes

Essa doença é uma grande vilã para pessoas de diferentes padrões, sendo característica pelo aumento de açúcar/glicose no sangue. Isso acontece devido ao déficit na produção e funcionamento da insulina, responsável pelo controle dos níveis de glicose no organismo e, consequentemente, o corpo vai acumulando o açúcar dentro de si, sem que seja gasto ou dispensado corretamente. Há diferentes tipos de diabetes, como:

  • tipo 1;
  • tipo2;
  • gestacional;
  • pré-diabetes.

O mais indicado para o controle da diabetes e diminuição dos riscos, é apostar em uma dieta saudável e reduzir, consideravelmente, o consumo de alimentos e bebidas ricas em açúcar como, por exemplo, os refrigerantes.

Asma

Sendo uma das doenças crônicas respiratórias mais comuns, a asma pode surgir em diferentes momentos da vida. As principais características dessa patologia, são:

  • dificuldade para respirar;
  • chiado e aperto peitoral;
  • respiração ofegante.

Lembrando que esses sintomas podem variar de acordo com o estágio da doença e de pessoa para pessoa. É comum que durante a noite ou na realização de atividades como esportes eles fiquem mais acentuados e perceptíveis.

É importante lembrar que a asma é uma doença que não tem cura, porém com a utilização dos medicamentos corretos, os sintomas podem diminuir e, em alguns casos, até mesmo desaparecer.

Câncer

É uma das doenças mais temidas e complexas conhecidas atualmente, isso porque podem acometer diferentes órgãos do corpo humano e, consequentemente, os sintomas e tratamentos podem variar. 

O indicado para o paciente é que ao notar diferenças físicas e demais sintomas fora do comum, um profissional médico seja buscado. O tratamento, período de recuperação e sintomas envolvidos, variam de acordo com o tipo de câncer e o estágio da doença.

Mantenha a saúde em dia!

Depois de conferir as principais doenças crônicas, quais os sintomas e fatores de riscos, é importante estar atento a sua saúde de forma geral. Essas patologias não escolhem os pacientes e podem ser silenciosas no início.

Para diminuir os riscos, o essencial é investir em um estilo de vida mais saudável, com uma dieta rica em alimentos naturais e com distância do sedentarismo. Além disso, é crucial manter regularmente uma rotina de exames e marca check-ups. E podemos fazer isso simplesmente com o agendamento digital. Quer conferir mais sobre essa prática? Confira este artigo: Agendamento digital: confira 6 benefícios de optar por essa prática.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.